26 C
Salvador
terça-feira, agosto 4, 2020
Home Destaque Tensão no circuito Dodô: foliões ficam feridos em passagem de trios

Tensão no circuito Dodô: foliões ficam feridos em passagem de trios

Por Raphael Santana e Shagaly Ferreira

Apesar de a prefeitura classificar a quinta-feira, 20, como tranquila, durante o desfile de blocos na abertura da festa, foliões que estiveram presentes no Circuito Dodô (Barra/Ondina) tiveram outra perspectiva, descrevendo momentos de tensão.

Segundo relatos, durante a passagem dos trios Os Mascarados e Chilete com Banana, uma confusão foi registrada por causa da manobra dos caminhões, afunilando ainda mais o espaço para o folião pipoca. Nas falas, há registros de feridos.

“Fiquei muito preocupada com o que vi ontem. Ali é tragédia anunciada por causa da ausência do fiscal, que sinaliza para que os blocos entrem no circuito. O Corpo de Bombeiros, inclusive, sinalizou para que o Bloco Chiclete com Banana parasse, mas eles não respeitaram”, contou a jornalista Emanuele Pereira. Ela continuou o relato: “O que causou o empurra-empurra nas avenidas laterais, que são rotas de fuga, foi a presença de gelos baianos na frente. Isso impedia as pessoas de passarem. Muitas caíram por cima dessa barreira e foram pisoteadas”.

O fisioterapeuta Vitor Borba, que veio do Rio de Janeiro para passar o Carnaval em Salvador, relatou ao Portal A TARDE que, por causa da situação, teve que sair pela praia e deixar o percurso. “Quando o trio saiu, tinha bastante gente. Na curva, ficou muito apertado e estava todo mundo esperando que, depois desse trecho aliviasse mais, mas isso não aconteceu. Em vários momentos, todo mundo ficou muito imprensado e ficou insuportável. Por isso, eu não consegui seguir todo o percurso”.

Durante a participação em coletiva à imprensa, na manhã desta sexta-feira, 21, sobre o balanço do primeiro dia de Carnaval, o titular da Secretaria de Cultura e Turismo, Claudio Tinoco, falou ao Portal A TARDE sobre o caso. Segundo ele, o ocorrido foi consequência da ordenação natural dos trios, que é realizada para facilitar a mobilidade.

“Nesta manobra, no largo do Farol da Barra, houve uma proximidade dos trios. Consequentemente, quando você tem muitas pessoas no entorno, há sempre aqueles momentos de tensão”, disse, acrescentando que a evolução dos trios na quinta foi uma das melhores em anos.

Redação
O A Tarde é um jornal diário brasileiro que circula no estado da Bahia. Fundado por Ernesto Simões Filho,[3][4] é o mais antigo jornal impresso baiano em circulação[5] e um dos mais antigos do Brasil,[4] a qual iniciou-se em 15 de outubro de 1912

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias

Artistas baianos levam Carnaval para EUA

Artistas baianos levam o Carnaval de Salvadror para Orlando, nos Estados Unidos (EUA), neste sábado, 7. Entre as atrações estão Harmonia do...

Após sucesso do Carnaval 2020, Camarote Club se prepara para comemorar cinco anos em 2021

Apesar da folia já ter terminado, o clima de alegria ainda é grande entre os organizadores do Camarote Club, situado na região...

Grupo A TARDE amplia o protagonismo na cobertura do Carnaval

O Carnaval de Salvador teve uma completa e ampla cobertura oferecida pelas principais plataformas do Grupo A TARDE ao longo dos sete...

Após jejum de 23 anos, Viradouro é campeã do Carnaval do Rio

A Viradouro é campeã do Carnaval 2020 do Rio. Com o enredo "Viradouro de Alma Lavada", a escola homenageou as Ganhadeiras de...

Cajazeiras tem recorde de público durante Carnaval

O Cajazeiras Folia 2020, realizado entre o sábado, 22, e a terça-feira, 23, superou as expectativas ao atingir recorde de público....

PATROCÍNIO

APOIO