26 C
Salvador
sábado, agosto 15, 2020
Home Festas Juca Ferreira sobre major Denice: “Como se estivesse usando o PT de...

Juca Ferreira sobre major Denice: “Como se estivesse usando o PT de barriga de aluguel”

Por Raul Aguilar

O ex-ministro da Cultura e pré-candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) à prefeitura de Salvador, Juca Ferreira, criticou neste domingo, 2, durante a Festa de Iemanjá, que é realizada no Rio Vermelho, em Salvador, a postura do governador Rui Costa e do Senador Jaques Wagner em defender o nome da major Denice como candidata do partido na disputa pela prefeitura de Salvador.

“Eu não analiso a candidata, analiso o processo de escolha dela que é, de alguma forma, parecido com o processo de escolha do Guilherme Bellintani. Está havendo uma reação não só por já termos candidatas negras, mas por já termos candidatos, por termos um processo. O PT tem vitalidade para produzir o candidato que irá representá-lo. O processo de escolha, direto ou indiretamente, cabe as bases fazê-lo”, afirmou o ex-ministro da Cultura.

O político afirma que esse processo de sustentação do nome de Denice pelos principais nomes do PT no estado está gerando medo e apreensão.

“Estamos vivendo uma apreensão, um medo de que o governador Rui Costa e o senador Jaques Wagner utilize de seu prestígio para impor uma candidatura. Espero que eles tenham juízo, isso pode representar uma destruição parcial do PT. O PT está vivendo um momento de recuperação provocado pelo afastamento da Dilma, em Salvador, o último pleito refletiu isso. Salvador optou, por unanimidade, em ter um candidato petista disputando a eleição. E essa vinda dela é, de alguma forma, como estivesse utilizando o PT de barriga de Aluguel, e isso não é bom”, avaliou Ferreira.

Juca ainda acredita que o nome do partido possa vir dos pré-candidatos da sigla, e garante que não vai retirar sua candidatura, já que segundo ele será difícil a imposição de um nome.

“Vai ser difícil impor pois o regulamento do partido prevê alguma forma de onde as bases e ou diretório municipal deverá tomar decisões quanto a isso. Não está definido o processo de escolha, mas haverá. Não retiro minha candidatura, acho importante que o PT esteja bem representado em 2020, pela cidade, e também porque nesta eleição municipal nós vamos estar discutindo o país. Salvador será a Cidade onde haverá o enfrentamento político sobre todos os projetos para o Brasil. Acho que se entrarmos de uma forma frágil, sem capacidade de verbalizar os projetos para o Brasil, sem capacidade de defender o legado do partido para o país, eu acho que já entraremos derrotados”, disse o petista.

Redação
O A Tarde é um jornal diário brasileiro que circula no estado da Bahia. Fundado por Ernesto Simões Filho,[3][4] é o mais antigo jornal impresso baiano em circulação[5] e um dos mais antigos do Brasil,[4] a qual iniciou-se em 15 de outubro de 1912

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias

Artistas baianos levam Carnaval para EUA

Artistas baianos levam o Carnaval de Salvadror para Orlando, nos Estados Unidos (EUA), neste sábado, 7. Entre as atrações estão Harmonia do...

Após sucesso do Carnaval 2020, Camarote Club se prepara para comemorar cinco anos em 2021

Apesar da folia já ter terminado, o clima de alegria ainda é grande entre os organizadores do Camarote Club, situado na região...

Grupo A TARDE amplia o protagonismo na cobertura do Carnaval

O Carnaval de Salvador teve uma completa e ampla cobertura oferecida pelas principais plataformas do Grupo A TARDE ao longo dos sete...

Após jejum de 23 anos, Viradouro é campeã do Carnaval do Rio

A Viradouro é campeã do Carnaval 2020 do Rio. Com o enredo "Viradouro de Alma Lavada", a escola homenageou as Ganhadeiras de...

Cajazeiras tem recorde de público durante Carnaval

O Cajazeiras Folia 2020, realizado entre o sábado, 22, e a terça-feira, 23, superou as expectativas ao atingir recorde de público....

PATROCÍNIO

APOIO