26 C
Salvador
domingo, setembro 27, 2020
Home Sem categoria Escola de samba que homenageou Ganhadeiras de Itapuã volta à Sapucaí neste...

Escola de samba que homenageou Ganhadeiras de Itapuã volta à Sapucaí neste sábado

Por Vinícius Lisboa | Agência Brasil

Em um ano em que o desempate definiu as quatro primeiras posições, as escolas de samba do Rio de Janeiro retornam à Marquês de Sapucaí na noite deste sábado, 29, para um desfile das campeãs, que deve mostrar porque a apuração foi tão equilibrada. Apenas sete décimos separaram as seis primeiras colocadas do carnaval do Rio, que terminaram a apuração na seguinte ordem: Viradouro (269,6), Grande Rio (269,6), Mocidade (269,4), Beija-Flor (269,4), Salgueiro (269,0) e Mangueira (268,9).

O desfile começa às 21h30 com a Estação Primeira de Mangueira, que ficou em sexto lugar em 2020. Campeã no ano passado, a escola manteve o carnavalesco Leandro Vieira, e fez uma releitura da história de Jesus, aproximando-o de vítimas de problemas raciais e sociais da atualidade.

O segundo desfile deve começar entre 22h30 e 22h40 e trará de volta à avenida a Acadêmicos do Salgueiro, que contou a história do primeiro palhaço negro do Brasil, cujo nascimento faz 150 anos neste ano.

Entre 22h30 e 23h50, entra na Sapucaí a Beija-Flor de Nilópolis, que teve a mesma pontuação que a terceira colocada, mas perdeu no quesito Harmonia, que era o primeiro critério de desempate. A azul e branca da Baixada Fluminense desfilou com o enredo “Se essa rua fosse minha”, que falou de jornadas, peregrinações e caminhos.

A Mocidade Independente de Padre Miguel deve iniciar seu desfile entre 0h30 e 1h, celebrando a terceira posição no carnaval do Rio. O enredo da escola da zona oeste foi uma grande homenagem à cantora Elza Soares, atravessou a avenida no último carro da agremiação.

Vice-campeã de 2020, a Acadêmicos do Grande Rio está prevista para 01h30 a 02h10. A escola chegou bem perto de seu primeiro título com a homenagem a Joãozinho da Gomeia, conhecido como o Rei do Candomblé. Com os carnavalescos estreantes Leonardo Bora e Gabriel Haddad, a escola teve a mesma pontuação que a campeã, e só perdeu no segundo critério de desempate, que foi o quesito Evolução.

O enredo “Viradouro de Alma Lavada” marcou o segundo título da escola de Niterói, que contou a história do grupo musical Ganhadeiras de Itapuã, que nasce da tradição das lavadeiras. Assinado pelo casal de carnavalescos Tarcísio Zanon e Marcus Ferreira, o enredo exaltou as ganhadeiras como as primeiras feministas do Brasil. O desfile campeão está programado para começar entre 2h30 e 3h20.

Redação
O A Tarde é um jornal diário brasileiro que circula no estado da Bahia. Fundado por Ernesto Simões Filho,[3][4] é o mais antigo jornal impresso baiano em circulação[5] e um dos mais antigos do Brasil,[4] a qual iniciou-se em 15 de outubro de 1912

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias

Artistas baianos levam Carnaval para EUA

Artistas baianos levam o Carnaval de Salvadror para Orlando, nos Estados Unidos (EUA), neste sábado, 7. Entre as atrações estão Harmonia do...

Após sucesso do Carnaval 2020, Camarote Club se prepara para comemorar cinco anos em 2021

Apesar da folia já ter terminado, o clima de alegria ainda é grande entre os organizadores do Camarote Club, situado na região...

Grupo A TARDE amplia o protagonismo na cobertura do Carnaval

O Carnaval de Salvador teve uma completa e ampla cobertura oferecida pelas principais plataformas do Grupo A TARDE ao longo dos sete...

Após jejum de 23 anos, Viradouro é campeã do Carnaval do Rio

A Viradouro é campeã do Carnaval 2020 do Rio. Com o enredo "Viradouro de Alma Lavada", a escola homenageou as Ganhadeiras de...

Cajazeiras tem recorde de público durante Carnaval

O Cajazeiras Folia 2020, realizado entre o sábado, 22, e a terça-feira, 23, superou as expectativas ao atingir recorde de público....

PATROCÍNIO

APOIO