26 C
Salvador
quinta-feira, agosto 6, 2020
Home A TARDE FOLIA 2020 Artigo: Paroano Sai Milhó, nordestino, com certeza

Artigo: Paroano Sai Milhó, nordestino, com certeza

Por Archibaldo Daltro Barreto Filho*

Eu sou de uma terra que o povo padece
Mas não esmorece, procura vencer.
Da terra querida, que a linda cabocla
De riso na boca zomba no sofrer
Não nego meu sangue, não nego meu nome
Olho para a fome, pergunto: o que há?
Eu sou brasileiro fio do Nordeste,
Sou Cabra da Peste, sou do Ceará.
Assim falou e disse o Mestre
Patativa do Assaré.
Pedindo licença, vou ampliar:
Somos filhos de Sergipe, das Alagoas
Do Piauí, da Paraíba, da Bahia, do Maranhão
De Pernambuco e Rio Grande do Norte.
Posso seguramente afirmar,
Parafraseando Euclides da Cunha,
O nordestino é, antes de tudo, um forte.
Compondo potente e crescente lista
De artistas, poetas, escritores,
Pensadores, palhaços, cantores,
Filósofos e os incansáveis repentistas,
Teimosos que usam talento e tino
Para revelar toda a saga desse povo
Bravo e resistente chamado nordestino
Alimentado de arte, música, cultura
“Armas” potentes para enfrentar
No dia a dia da sobrevivência
A degradação social e seus defensores
Que apostam e teimam pregar a desigualdade
Talvez, pode ser, quem sabe?
Por medo da inteligência e sensibilidade
Querendo por venda nos olhos
De quem sente indignação
E enxerga o próximo
Com consciência e o próprio coração.
Arte, música, cultura são nossas “armas”,
“Balas” com melodias de esperanças
Que atinge todas as idades
Sobretudo os que permanecem crianças
Querendo crescer e aprender bem mais
Sobre os frutos da solidariedade.
Nossas vozes trançadas
Alcançam, sem sangrar, sem porradas
Quem ouve, sorri, dança, canta,
Nosso coro coletivo que os males espanta
Há cinquenta e sete carnavais
Bravos, afinados, resistentes
Palhaços de brilho e beleza
PAROANO SAI MILHÓ
Nordestino, com certeza!

VIVA A VIDA!

*Archibaldo Daltro Barreto Filho / Quico Paroaneiro desde 1971
abarretofilho@gmail.com

O Grupo Musical Paroano Sai Milhó foi fundado em 9 de fevereiro de 1964 e comemora, neste ano, seu quinquagésimo sétimo Carnaval. Neste ano, presta homenagem aos nordestinos que contribuíram, contribuem e contribuirão para o enriquecimento da nossa cultura.

Redação
O A Tarde é um jornal diário brasileiro que circula no estado da Bahia. Fundado por Ernesto Simões Filho,[3][4] é o mais antigo jornal impresso baiano em circulação[5] e um dos mais antigos do Brasil,[4] a qual iniciou-se em 15 de outubro de 1912

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias

Artistas baianos levam Carnaval para EUA

Artistas baianos levam o Carnaval de Salvadror para Orlando, nos Estados Unidos (EUA), neste sábado, 7. Entre as atrações estão Harmonia do...

Após sucesso do Carnaval 2020, Camarote Club se prepara para comemorar cinco anos em 2021

Apesar da folia já ter terminado, o clima de alegria ainda é grande entre os organizadores do Camarote Club, situado na região...

Grupo A TARDE amplia o protagonismo na cobertura do Carnaval

O Carnaval de Salvador teve uma completa e ampla cobertura oferecida pelas principais plataformas do Grupo A TARDE ao longo dos sete...

Após jejum de 23 anos, Viradouro é campeã do Carnaval do Rio

A Viradouro é campeã do Carnaval 2020 do Rio. Com o enredo "Viradouro de Alma Lavada", a escola homenageou as Ganhadeiras de...

Cajazeiras tem recorde de público durante Carnaval

O Cajazeiras Folia 2020, realizado entre o sábado, 22, e a terça-feira, 23, superou as expectativas ao atingir recorde de público....

PATROCÍNIO

APOIO