26 C
Salvador
terça-feira, maio 26, 2020
Home A TARDE FOLIA 2020 "Falar dos ambulantes é desculpa", afirma ACM Neto sobre frase de Maurício...

“Falar dos ambulantes é desculpa”, afirma ACM Neto sobre frase de Maurício Barbosa

Por Raul Aguilar
Foto: Max Haack | Secom

Durante coletiva de imprensa na tarde desta segunda feira, 24, quinto e penúltimo dia de Carnaval, o prefeito ACM Neto rebateu o comentário feito pelo secretário de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP-BA), Maurício Barbosa, que afirmou em um vídeo que criminosos estão usando objetos utilizados nos kits dos ambulantes como armas em confrontos, e que a disposição dos ambulantes nos circuitos está reduzindo os espaços para os foliões.

“Pelo que me consta, nos oito carnavais que estou como prefeito ele [Maurício] está como secretário de Segurança Pública. Ele pode pegar os registros fotográficos de todos os carnavais anteriores, não há nenhuma mudança, nenhuma diferença. Os ambulantes que foram licenciados esse ano são os mesmos, em termos de quantidade, do ano passado. A disposição dos isopores é a mesma dos anos anteriores, não há nenhuma novidade. Não há nada que tenha mudado em relação ao ano passado. O secretário e sua equipe, que já estão aí há muito tempo, sabem muito bem disso. Então, eu não consigo entender porque esse tipo de colocação está sendo feita”, afirmou o prefeito de Salvador.

Mobilidade no Carnaval

Questionado sobre as críticas feitas pelos motoristas por aplicativo de que haveria um privilégio para os taxistas, e a cobrança por igualdade de tratamento entre as categorias de transporte de passageiro particular, ACM Neto disse que é “impossível” os motoristas por app terem o mesmo tratamento que os profissionais cadastrados, citando o número de veículos e a identificação clara do meio de transporte.

“Há quem fale inclusive em uma espécie de rodízio de carros para o Carnaval. Sabe porque é impossível você dar o mesmo tratamento ao motorista por aplicativo do táxi? O táxi, você primeiro tem uma quantidade menor, são sete mil. Nos aplicativos têm mais de 20 mil que funcionam regularmente na cidade, fora as pessoas que se tornam motorista por aplicativo só para o carnaval, o que acontece em larga escala. Depois, os táxis você consegue fiscalizar e regular, inclusive, visualmente. Então, é impossível você dar o mesmo tratamento aos motoristas por aplicativo que é dado aos táxis”, disse o chefe do executivo municipal.

Crescimento no número de foliões

O prefeito ACM Neto destacou que houve um aumento superior a 20% no número de foliões, se comparado ao Carnaval de 2019, e admite que esse aumento pode gerar problema, como afirmou o Comandante da Polícia Militar, o coronel Anselmo Brandão, o domingo, 23.

“Falar do aumento no número de pessoas é real. Domingo, assim como já havia acontecido no sábado, foi um dia que teve um número de pessoas no Carnaval bastante superior ao ano passado. Sábado registrou, comparado 2019, um aumento de 22%, no domingo, o crescimento de 16%. Esse são dados das pessoas que transportamos no transporte público e achamos que esse número é maior, pois não estão contabilizadas as pessoas que são transportadas por aplicativo. E se me perguntar se isso traz problemas, sem dúvida”, admitiu.

Policiamento na folia

ACM Neto voltou a falar de sua percepção sobre o policiamento na avenida, e destacou que não está havendo mais um policiamento de patrulha, mais ostensivo, como havia antes.

“Quem tem que responder pela polícia é o comandante-geral da PM, o secretário de Segurança Pública e o governador. Não quero responder pela polícia. Eu disse isso ontem, pedindo uma ação mais ostensiva da polícia. Eles mudaram a estratégia para esse ano. E a estratégia é com o comandante da polícia, com o secretário de Segurança Pública, mas eles mudaram. Você não vê mais aquelas patrulhas que havia antes, andando no circuito constantemente, não tem isso. Há uma percepção, nossa, de que poderia haver um efetivo maior na rua. Há uma percepção de que poderia ter um policiamento maior do que estamos vendo na rua. Eu já fiz esse apelo, inclusive, ao Comandante Geral, já fiz esse apelo publicamente através da imprensa; e esse apelo continua”, ressaltou Neto.

Redação
O A Tarde é um jornal diário brasileiro que circula no estado da Bahia. Fundado por Ernesto Simões Filho,[3][4] é o mais antigo jornal impresso baiano em circulação[5] e um dos mais antigos do Brasil,[4] a qual iniciou-se em 15 de outubro de 1912

2 COMMENTS

  1. Sr. Prefeito, é compreensível sua atitude demagógica porque é ano eleitoral. Digno de sua parte seria reconhecer que sua estratégia de lotar a Barra favorecendo a grupos e dificultando até o espaço e as rotas de fugas em casos de incidentes, tem sua contribuição.

  2. ESSE SECRETÁRIO ETERNO NO PODER,SÓ SAIRÁ DAÍ EM 2022 COM A GRANDE VITORIA DE NETO.AGUARDEM!! MUITA DESCULPA PARA VIOLENCIA QUE ASSOLA SALVADOR,OBSERVEM QUE A SECRETÁRIA DE MAURICIO NÃO CONSEGUE INDENTIFICAR OS AUTORES DOS CRIMES E PRENDE-LOS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias

Artistas baianos levam Carnaval para EUA

Artistas baianos levam o Carnaval de Salvadror para Orlando, nos Estados Unidos (EUA), neste sábado, 7. Entre as atrações estão Harmonia do...

Após sucesso do Carnaval 2020, Camarote Club se prepara para comemorar cinco anos em 2021

Apesar da folia já ter terminado, o clima de alegria ainda é grande entre os organizadores do Camarote Club, situado na região...

Grupo A TARDE amplia o protagonismo na cobertura do Carnaval

O Carnaval de Salvador teve uma completa e ampla cobertura oferecida pelas principais plataformas do Grupo A TARDE ao longo dos sete...

Após jejum de 23 anos, Viradouro é campeã do Carnaval do Rio

A Viradouro é campeã do Carnaval 2020 do Rio. Com o enredo "Viradouro de Alma Lavada", a escola homenageou as Ganhadeiras de...

Cajazeiras tem recorde de público durante Carnaval

O Cajazeiras Folia 2020, realizado entre o sábado, 22, e a terça-feira, 23, superou as expectativas ao atingir recorde de público....

PATROCÍNIO

APOIO