26 C
Salvador
segunda-feira, maio 25, 2020
Home Sem categoria Antigos bailes e 70 anos do trio elétrico marcam festa no Pelô

Antigos bailes e 70 anos do trio elétrico marcam festa no Pelô

Por: Euzeni Daltro
Foto: Adilton Venegeroles | Ag. A TARDE

Um verdadeiro tributo ao trio elétrico, a Dodô e Osmar e à história do Carnaval. Assim foi o show dos Irmãos Macêdo, na noite de sexta-feira, 21, que marcou a abertura oficial do Carnaval no Pelourinho.

No ano em que o trio elétrico completa 70 anos, os foliões que assistiam ao show dos herdeiros de Osmar Macêdo, no Largo do Pelourinho, pareciam correr atrás do trio – mas estavam de frente para um palco montado em frente à Fundação Casa de Jorge Amado.

Mais que isso, eles “respondiam” com expressões corporais e gritos a cada auge de todos os solos tirados por Armandinho na guitarra baiana.

Todos mesmo, desde o Bolero de Ravel, executada na abertura do show, até o clássico da folia baiana Chame Gente, de autoria de Armandinho e Moraes Moreira.

Um olhar desatento poderia até imaginar que houve um ensaio. E, pensado bem, houve. Um ensaio que vem unindo e inspirando expressões corporais há 70 anos. Um ensaio chamado alma de Carnaval.

“Que festa bonita. É o nosso Carnaval começando. O Carnaval do trio elétrico. Setenta anos de trio elétrico. Viva Dodô e Osmar!”, disse Armandindo, logo no início do espetáculo.

Em outro momento, o cantor André Macêdo lembrou o início de tudo. “E viva Dodô e Osmar, que saíram com uma velha Fobica e criaram essa loucura que é o Carnaval da Bahia”.

E como é bom fazer parte dessa loucura né, não? “Muito bom! Muito bom esse resgate aos carnavais de antigamente, de quando surgiu com Dodô e Osmar”, concordou a aposentada Nildete de Almeida Sobrinho, 59 anos.

É tão bom que há quem não arrede o pé de Salvador no período em que a cidade é tomada pelo espírito de Carnaval.

É o caso da amiga de Nildete, a aposentada Maria de Fátima. “Salvador tem o melhor Carnaval do mundo. Não saio daqui por nada”, disse Maria de Fátima, em tom enfático. “É muita emoção estar aqui no Pelourinho assistindo a esse show maravilhoso”, completou.

Orquestras

Quem escolheu o Pelô para curtir a Sexta de Carnaval ainda pôde viver um pouco dos antigos bailes carnavalescos. No Largo Pedro Archanjo, a orquestra Compassos apresentou releituras de clássicos dos antigos carnavais, garantido a alegria de um público diverso.

E põe alegria nisso. Bastou a orquestra começar a tocar para os foliões se levantarem. Literalmente. Os professores Laura Bezerra e Jorge Vasconcelos, conhecido como Jorge Lampa, dançavam com alegria contagiante.

“Aqui está uma maravilha. Um astral muito bom. E a gente pode curtir vários tipos de músicas”, disse Jorge Lampa. “Acho que Carnaval é bom quando tem diversidade dentro das coisas que tenham relação com o Carnaval como esse show da Orquestra Compassos”, afirmou Laura.

A Orquestra Compassos existe há seis anos e é formada por 20 integrantes. Nós últimos quatro anos, o grupo levou o clima dos antigos carnavais ao Largo Pedro Archanjo, na abertura da folia no Pelourinho.

“Isso é sensacional. Abrir o Carnaval do Pelourinho é, sobretudo, uma responsabilidade muito grande que a gente agrega e fica feliz por estar fazendo essa parte”, afirmou o maestro Raimundo Passos.

Redação
O A Tarde é um jornal diário brasileiro que circula no estado da Bahia. Fundado por Ernesto Simões Filho,[3][4] é o mais antigo jornal impresso baiano em circulação[5] e um dos mais antigos do Brasil,[4] a qual iniciou-se em 15 de outubro de 1912

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Últimas Notícias

Artistas baianos levam Carnaval para EUA

Artistas baianos levam o Carnaval de Salvadror para Orlando, nos Estados Unidos (EUA), neste sábado, 7. Entre as atrações estão Harmonia do...

Após sucesso do Carnaval 2020, Camarote Club se prepara para comemorar cinco anos em 2021

Apesar da folia já ter terminado, o clima de alegria ainda é grande entre os organizadores do Camarote Club, situado na região...

Grupo A TARDE amplia o protagonismo na cobertura do Carnaval

O Carnaval de Salvador teve uma completa e ampla cobertura oferecida pelas principais plataformas do Grupo A TARDE ao longo dos sete...

Após jejum de 23 anos, Viradouro é campeã do Carnaval do Rio

A Viradouro é campeã do Carnaval 2020 do Rio. Com o enredo "Viradouro de Alma Lavada", a escola homenageou as Ganhadeiras de...

Cajazeiras tem recorde de público durante Carnaval

O Cajazeiras Folia 2020, realizado entre o sábado, 22, e a terça-feira, 23, superou as expectativas ao atingir recorde de público....

PATROCÍNIO

APOIO